5 Dicas Para Remodelar Um Jardim Pequeno

Caro leitor,

Agora que é Verão, uma amiga pediu-me que remodelasse o pequeno jardim da sua casa de férias. Fiquei entusiasmada e estive a pesquisar. Claro que cada jardim tem as suas particularidades – maior incidência de luz à esquerda, uma parede com janela ali à direita ou uma planta muito antiga mesmo no centro – mas descobri algumas dicas que podem transformar um jardim comum num jardim fantástico.

 

Pré-dica

O truque principal é aproveitar o espaço. Por isso, antes de começar, limpe ao máximo o seu jardim. Ervas daninhas, terra espalhada ou folhas caídas não são bem-vindas. Liberte o máximo de espaço que conseguir, para estar à vontade e seguir as dicas de que mais gostar, sem constrangimentos!

 

Dica 1 – Tapete de relva “faux-grass”

Se não consegue plantar relva verdadeira ou não tem tempo para cuidar dela, opte por um tapete de relva ou “faux-grass”. Torna mais agradável qualquer espaço ao ar livre, experimente! Pode recortá-lo como nesta imagem, ou mantê-lo certinho e direitinho, quadradinho.

 

Dica 2 – Jardins verticais

Já falei noutro post sobre jardins verticais, mas são tão bonitos, que tenho de falar neles outra vez. E são óptimos para jardins pequenos, pois não ocupam espaço quase nenhum. Há muitas formas de os construir, mas a mais fácil é comprar algumas estacas de madeira, prendê-las criando um xadrez, e pendurar nelas vasos ou latas próprias para plantas (podem ser até latas de café ou de chocolate em pó, com ou sem rótulos, fica ao seu critério). Algo do género desta fotografia.

 

Dica 3 – A magia dos espelhos

Pendure alguns espelhos na vedação ou parede e surpreenda os seus amigos! Este truque irá dar-lhes a impressão de que o espaço do seu jardim aumentou. É que os espelhos dão profundidade extra a qualquer espaço, fazendo-o parecer maior. E dão-lhe tanta harmonia, não acha?

 

Dica 4 – Mini jardim em espiral

Achei este uma gracinha. É tão fácil de fazer! Cabe em qualquer espaço e não é preciso ser-se um mestre em bricolage. Só é preciso terra, algumas pedras e as flores que escolher plantar. Siga o link e veja como é tão simples!

 

Dica 5 – Jardim para quem não tem jardim

Leu este artigo e ficou com pena de não ter um jardim? Tenho uma ideia para si: e que tal dedicar um cantinho de sua casa a plantas e flores? Se escolher usar um carrinho, até pode movê-lo de sítio consoante as estações do ano e as áreas de sua casa onde bate o Sol.
Espero que estas dicas tenham sido úteis e que tenha gostado tanto delas quanto eu. Se tiver mais sugestões, está mais do que convidado a partilhá-las aqui!

3 Maneiras simples de remodelar a cozinha sem fazer obras

Caro leitor,

Há uns meses pensei em remodelar a cozinha. O tempo foi passando e a ideia foi-se com ele, mas agora está de volta. É desta que a remodelo! No entanto, não quero fazer obras complicadas que sujam e demoram, quero algo simples – e já tenho algumas ideias. Se está à procura do mesmo que eu, estas sugestões talvez o ajudem.

 

 

  • Pinturas

Estou a pensar perder a cabeça e pintar o frigorífico/máquina de lavar e/ou a bancada da cozinha e/ou os azulejos de uma das paredes.

 

Bancadas – É possível pintar-se só um dos lados da bancada, por exemplo, pessoalmente ainda não me decidi. Fiz as minhas habituais pesquisas e encontrei umas que achei uma delícia. Esta, por exemplo, talvez noutros tons.

E parece fácil de fazer. Mesmo que no seu caso tenha portas ao longo de toda a bancada, é possível pintá-las de uma cor diferente ou colocar papel autocolante. Um bocadinho de jeitinho e já está.

 

Frigorífico/Máquina de lavar – Esta foi sugestão de uma amiga. Confesso que fiquei um pouco receosa, mas encontrei algumas realmente bonitas e por que não? Veja esta, por exemplo. Dá muito mais alegria a uma cozinha do que a habitual máquina de lavar monocromática. Se tem filhos pequenos, que tal deixá-los pintá-lo com tintas que saem? Deve ficar bem engraçado e vai ser super divertido!

Azulejos – Esta é talvez a ideia mais conservadora, mas não é por isso que tem de ser aborrecida. Veja este exemplo, é um miminho, não acha?

 

 

2 – Objectos de cozinha decorativos

Estou a pensar instalar um suporte para pendurar utensílios de cozinha que raramente utilizo. Gosta da ideia? Pode pintar a colher de pau que já não usa com tinta própria para madeira, pendurar aquelas conchas do serviço de cozinha só usa uma vez por ano ou simplesmente construir um suporte bonito, pintá-lo ou não ao seu gosto e pendurar nele panos de cozinha que sejam demasiado bonitos para estar a uso (em vez de estarem nas gavetas, estão a fazer vista!).

 

3 – E o chão?

Já dizia o anúncio que o algodão não enganava. E a verdade é que muitas vezes a cozinha está mais suja do que aquilo que parece, e isso acaba por a tornar menos graciosa. O que se suja mais ou perde mais brilho acaba sempre por ser o chão – tem alguma mossa daquela vez que um copo de vidro se partiu ou algum risco de arrastar algum móvel? Pelo sim, pelo não, faça uma inspecção. Se não quer pintar o chão nem trocar a pedra, que tal comprar um tapete que combine com a sua cozinha? Protege o chão e decora todo o ambiente!
O que achou destas dicas? Pessoalmente ainda não sei por qual optar, acho que gosto de todas! Aceitam-se sugestões!